Almoçar-à-Lareira-na-Adega
Rodízio-de-Petiscos

OBRIGADO POR ESTAR AQUI

Adega dos Apalaches

Um verdadeiro suplemento de alma
para o seu desejo secreto de experimentar sabores antigos.
Venha cá saborear iguarias tradicionais portuguesas, regadas com bons vinhos, na companhia de panelas de ferro e fogo alimentado a lenha, reserve uma refeição – ou muitas!

REPORTAGEM TVI
“Mesa Nacional” CABRITO ESTONADO DE OLEIROS

O cabrito estonado de Oleiros e o ambiente da Adega dos Apalaches, com a sua cozinha rústica que apela às nossas memórias, despertaram o interesse e motivaram a visita do jornalista Paulo Salvador, com o programa “Mesa Nacional”. Clique no link ao lado e assista ao vídeo, que divulga um dos pratos mais exclusivos da gastronomia nacional e é a nossa especialidade . Sempre com pré reserva.  (almoço de 5ª feira a domingo, para individuais e grupos)

Menu
Cabrito Estonado

A L M O Ç O S

de QUINTA FEIRA a DOMINGO

MENU DO DIA 
Servimos um menu do dia composto por 2 pratos, carne e peixe.
Varia semanalmente, é composto por sopa da panela de ferro, pão trigo cozido em forno a lenha, prato principal, vinho da casa, sobremesa e café.
SUGESTÃO
Se preferir, pode optar pelas sugestões de maranhos e da dose individual de Cabrito Estonado, ambos à moda de Oleiros (só com pré reserva). Este é um menu completo com entradas, sopa da panela de ferro e sobremesas, pão trigo em forno a lenha, café e vinho da casa.

Pão de Trigo

COZIDO EM FORNO A LENHA

OS SABORES DA SEMANA

Tão bom!
Tão beirão!
Faça uma reserva,
nós oferecemos-lhe
o prazer de uma refeição única

Rodízio de Petiscos Regionais

J A N T A R E S    

à SEXTA FEIRA e ao SÁBADO

UM POEMA DE SABORES   EM BOA COMPANHIA  
Dispomos de 3 tábuas do dia com receitas da cozinha tradicional beirã. Os petiscos são servidos, sem mordomias, directamente no tacho, tal qual o era em tempos antigos na nossa aldeia, «perdida» na serra do Moradal.
Vivências gastronómicas que vai querer experimentar com amigos ou em família.
UM MAR VERDE À SUA ESPERA NA

Adega dos Apalaches

A esplanada, climatizada de verão e de inverno, com lareira,
permite espraiar a vista sobre a serra,
onde a Grande Rota – GR 38
mostra o caminho mais antigo do mundo,
no trajeto Português do famoso Trilho Internacional dos Apalaches.

Brindamos à tradição e à natureza,
brindamos aos prazeres da vida de quem nos visita.

Inserida no GeoPark Naturtejo

ONDE O XISTO É REI

19237882_1938924459679246_2070515116657674744_o
Adega-dos-Apalaches-caniço--1080
Deliciosa,
tradicional Cozinha Portuguesa

Num ambiente descontraído e agradável servimos, prioritariamente os produtos regionais de altíssima qualidade em «apetrechos» tradicionais da cozinha beirã. Ao visitar-nos o palato vem preparado para se deliciar com os enchidos do nossos fumeiro, o presunto serrano, a patanisca de bacalhau, os peixinhos da horta do cabeço, a boa da petinga em molho de escabeche e tantas outras maravilhas que, certamente, o vão transportar no tempo…

EVENTOS PARA GRUPOS
com pré reserva  
Inspira-nos a tradição!
Participe nesta esta experiência
gastronómica regional.

»

Sabores
ORGANIZAMOS

EVENTOS TEMÁTICOS

Em parceria ou em grupos.
PÃO EM FORNO A LENHA

WORKSHOP

Com as mãos na massa.

»

Saberes
AVALIAÇÕES
CLIENTES – REDES SOCIAIS

INSTAGRAM


aceite o desafio
na sua foto na Adega
acompanhe com texto,

#adegadosapalaches #cabritoestonado

À beira da Serra do Moradal

na chamada Zona do Pinhal,
entra na pequena aldeia de xisto,
em Roqueiro, Estreito,

onde os aromas
não deixam ninguém indiferente,
mesmo, aqui, no centro de Portugal, em Oleiros,
terra de gentes que bem recebem e
convidam as visitas à adega
a provar o vinho,
o pão e o queijo caseiro.

INSCREVA-SE
RECEBA NOTÍCIAS DA ADEGA

Mantemos os seus dados privados. Ao inscrever-se concorda com a nossa política de privacidade. Leia a nossa política de privacidade. Tem a liberdade para cancelar a qualquer momento.

O nosso espaço é confortável e informal,
com pequenos apontamento rústicos,
e colorido por objetos tradicionais e reciclados,
é, também, perfeito para festas e animações de gruposVenha até cá,
sente-se à nossa mesa,
faça-nos companhia!